Hérnias na Parede Abdominal

Consistem em afecção comum e com alta prevalência nas pessoas do gênero masculino. Levando-se em consideração apenas um tipo de hérnia, aquela que surge na virilha, um em cada oito homens terá uma hérnia em algum momento de sua vida. No Brasil, estima-se que 500.000 hérnias de todos os tipos são operadas anualmente. Os órgãos internos do abdome estão protegidos pela parede abdominal, que é formada por músculos e aponeuroses (tendões planos). A parede abdominal possui áreas que são naturalmente propensas a desenvolver hérnias, como o umbigo e a virilha. Hérnia da parede abdominal é a saída de parte de um órgão contido na cavidade abdominal através de um orifício, natural ou adquirido. As hérnias podem causar desconforto, caracterizado pela sensação de “queimação” ou “formigamento” no local da hérnia, e dor ao realizar esforço físico, como ao tossir ou levantar objetos pesados do chão.


As hérnias são nomeadas de acordo com a sua localização na parede abdominal. As mais comuns são: • Hérnia inguinal – este tipo de hérnia é a mais comum, afeta mais os homens e surge na região da virilha. Nesta região existe um orifício natural por onde passam as artérias, veias e nervos para os testículos, e há também uma área mais fraca da parede abdominal. • Hérnia femoral – as hérnias femorais também surgem na virilha, imediatamente abaixo do local onde surgem as hérnias inguinais, bem no início da coxa. Neste local existe o anel femoral por onde passa a principal artéria, veia e nervo para a coxa, perna e pé. É mais comum nas mulheres. • Hérnia umbilical – ocorre no umbigo ou ao seu redor, e surge porque, nesta região, há uma área naturalmente mais fraca devido à passagem do cordão umbilical quando da vida intrauterina. • Hérnia incisional – tipo especial de hérnia que ocorre no local de uma incisão cirúrgica prévia devido a uma ruptura das suturas internas realizadas.

Muitas pessoas convivem com a sua hérnia durante anos, podendo até levar uma vida normal sem o devido tratamento. Não é a situação ideal. As hérnias, mesmo as assintomáticas, podem complicar e forçar uma operação de emergência com resultados, muitas vezes, aquém do ideal. Assim, caso você tenha hérnia, ou conheça alguém que a tenha, procure ou oriente a procurar um cirurgião para avaliação clínica. Somente um cirurgião, experiente e habilitado, pode diagnosticar com facilidade e segurança as hérnias da parede abdominal.

O tratamento das hérnias é sempre operatório, já que é necessária a diminuição do diâmetro dos orifícios ou mesmo o seu fechamento com suturas ou telas. Com uma técnica conhecida como videolaparoscopia, a sua recuperação será rápida, podendo retornar às suas atividades habituais em dois dias e, provavelmente, realizar qualquer tipo de esforço físico já a partir do quarto dia de pós-operatório, com total segurança. Isto se deve ao fato de que as operações por videolaparoscopia causam mínimo dano aos músculos e aponeuroses, acarretando menor dor pós-operatória.


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

Nós não apenas emagrecemos as pessoas, nós a ajudamos a dar o primeiro passo rumo á uma nova vida!

Asa Sul SEPS 710/910 Centro Clínico Via Brasil Salas 337,339,341 e 343

Tel: 34428337/ 32427542  Whatsap: 9 96694836

  • YouTube Social  Icon
  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now